Início > Boas Praticas > Escolas de Xangai

Escolas de Xangai

Xangai

Continente: 
Ásia
País: 
China
População (Ano): 
23.000.000 hab.
Ano População: 
2010
A cidade tem desenvolvido ações referentes à educação básica, à modernização do ensino médio de internato, à educação de competência orientada e à educação especial.

Descrição

Desde 1978, a China tem adotado a política de “nove anos obrigatórios” para o sistema educacional formal, no qual todas as crianças deverão frequentar a escola por, pelo menos, nove anos letivos. Nesse período, os estudantes devem fechar os programas escolares “primário” e “médio júnior”.

Xangai foi a primeira cidade da China a implementar o sistema dos nove anos e ainda possui o sistema de educação básica mais evoluído do país. A administração sobre as escolas de educação básica foi delegada ao governo local, onde o município local, distritos e aldeias gerem essas escolas em conjunto.

A cidade tem desenvolvido ações referentes à educação básica, como projetos de padronização escolar, modernização do ensino médio de internato, educação de competência orientada e educação especial. Além disso, iniciativas de intercâmbio internacional escolar tem promovido a troca de conhecimento e experiências entre os estudantes e professores de Xangai com especialistas de todo o mundo: com o envio de alunos para estudar fora do país e recebendo estudantes estrangeiros em suas escolas regulares; com a promoção de seminários internacionais na cidade, para troca de informações e conhecimento; e recebendo professores e especialistas internacionais para seus grupos de ensino e pesquisa.

Além disso, a própria estrutura do sistema educacional promove o bom desempenho de Xangai na educação. Exemplo disso é que o ensino médio é dividido em duas etapas: ensino médio júnior e ensino médio sênior, sendo o primeiro composto pelas disciplinas regulares do ensino médio e o segundo por disciplinas que auxiliem a profissionalização dos alunos, de acordo com suas preferências.               

Objetivos

• Promover melhor qualidade de ensino no sistema educacional formal da cidade       

Cronograma

• 1978: China adotou a política de “nove anos obrigatórios” para o sistema educacional formal

• 1992: Início da cooperação com pesquisas e instituições de educação estrangeira, em Xangai

• 2010: Xangai se tornou a primeira cidade chinesa a fornecer educação gratuita para todas as crianças migrantes de outras cidades chinesas                            

Resultados

• Em 2010, a taxa de matrícula na idade da escolaridade obrigatória foi acima de 99,9%, 97% na idade referente ao ensino médio (júnior e sênior) e 98% para os programas pré-escolares

• Mais de 80% dos alunos da cidade são admitidos no ensino superior (a média nacional é de 24%)

• Em 2009, havia 61 instituições de ensino superior, as quais possuem vagas para os moradores da cidade, mas também para receberem alunos de todo o país. A cidade, que junto de Beijing, é a preferida por estudantes pela qualidade do ensino superior, atrai os melhores candidatos, o que mantém e aprimora ainda mais a qualidade de ensino nas instituições

• Os graduados em instituições da cidade recebem a permissão de ficar e trabalhar no local. Por conta disso, muitos estudantes migrantes têm se mudado para Xangai, de forma a fornecer uma educação de qualidade aos filhos                         

Fontes

http://www.seaie.org/english/study/study-02.htm

http://www.shme.com/intro/education.htm

http://www.oecd.org/dataoecd/34/45/46581016.pdf

http://asiasociety.org/education/learning-world/shanghai-worlds-best-school-system

http://www.bbc.co.uk/news/business-14812822   

35
última modificação: ter, 30/04/2013 - 14:23