Início > Boas Praticas > Gestão do Turismo na localidade de Çirali

Gestão do Turismo na localidade de Çirali

Antália

Continente: 
Ásia
País: 
Turquia
População (Ano): 
2.036.000 hab.
Ano População: 
2011
Área Total (Ano): 
1.417,00 km²
Ano Área Total: 
2011
Çirali, uma pequena vila no litoral da Turquia, foi escolhida como área piloto para o estabelecimento de turismo “leve” (ecoturismo) e de agricultura orgânica que permitem o uso sustentável de recursos, de atividades econômicas e do turismo.

Descrição

Os enormes incentivos proporcionados pelo governo turco ao setor turístico durante a década de 1980 tiveram como resultado a expansão rápida e maciça de construções para o turismo ao longo de toda a costa mediterrânea da Turquia, causando um gravíssimo impacto ambiental e paisagístico.

Çirali, um pequeno povoado há cerca de 60 quilômetros da cidade de Antália e rodeado de centros de turismo de massa e áreas de agricultura de estufa, cuida há décadas de seus importantes valores naturais, históricos e socioculturais. A cidade foi escolhida como área piloto para o estabelecimento de turismo “leve” (ecoturismo) e de agricultura orgânica, que possibilitam o uso sustentável de recursos, de atividades econômicas e do turismo.               

Objetivos

• Assegurar o desenvolvimento sustentável e a conservação da biodiversidade e de recursos naturais em áreas costeiras muito frágeis da Turquia

• Elaborar o Plano de Gestão de Cirali e o conseqüente fomento do desenvolvimento social e ambientalmente responsável mediante a integração do planejamento, as atividades econômicas tradicionais e alternativas, e a proteção da natureza num destino turístico de pequena escala   

Cronograma

• abril / 1997: Início do projeto

• outubro / 1997: Primeiro encontro participativo com agentes locais

• junho / 1998: Nomeação da associação DHKD como redatora do Plano Físico de Çirali, pelo Ministério de Turismo

• novembro / 1999: Primeiro passo para o estabelecimento de uma cooperativa de agricultura orgânica

• março / 2000: Término do Plano Físico de Çirali                   

Resultados

Em Março de 2000:

• Organização do Primeiro Festival de Tartarugas Marinhas de Çirali, celebrado em maio de 2000, com o objetivo de informar a população sobre o projeto, aumentar a conscientização sobre a conservação da natureza e o turismo sustentável

• Promoção de atividades turísticas locais durante o Festival, tais como: mercado de rua com venda de produtos locais, fórum sobre ecoturismo e agricultura orgânica, limpeza da praia com voluntários, concursos de pinturas para crianças, excursões nas montanhas, passeios de barco, visitas a reservas arqueológicas e um show de rock

• Houve mais de 2.000 assistentes, e tanto a imprensa como a televisão nacional (CNN Turk, TRT, etc) demonstraram grande interesse pelo Festival, que pode contar com muitos patrocínios nos anos seguintes

• Organização de um concurso sobre ecoturismo, no qual as conferências se celebraram tanto ao ar livre, como em um local interno. Com ajuda dos vizinhos, identificaram-se vários caminhos para se fazer trilhas.

• Grande número de jovens está interessado em trabalhar como guia turístico na natureza e considera o ecoturismo uma boa oportunidade para participar da atividade econômica local

• Organização de cursos de agricultura ecológica, informando aos agricultores locais sobre os problemas que a agricultura convencional causa ao solo, sobre o conceito de agricultura orgânica e sobre como colocar em prática esta nova atividade. Nos cursos, entre todos os agricultores locais, decidiu-se estabelecer uma cooperativa de agricultura orgânica

• A cooperativa de agricultura orgânica foi criada em meados de 2000

• Instituição de diversos dias de limpeza de praias, com a participação dos vizinhos de Çirali, durante a época de assentamento das tartarugas marinhas

• Programa de educação ambiental na escola de ensino fundamental

• Aumento no número de ninhos e de crias da tartaruga marinha em Çirali. Tanto turistas como vizinhos são conscientes de seu valor e se envolvem com sua proteção

• Aplicação bem sucedida de medidas para facilitar o aninhamento das tartarugas marinhas, tais como: reduzir a iluminação dos restaurantes perto da praia, evitar a iluminação a partir das 11 da noite, colocar espreguiçadeiras e guarda-sóis a partir de 35 metros da linha da praia e fechar a praia para carros

• Fundação de uma organização de defesa da natureza em Çirali                    

Instituições envolvidas

• Sociedade para Proteção da Natureza (DHKD) - ONG

• União Européia LIFE Third Countries Programme – Brussels Belgium

• WWF

• Ministério do Meio Ambiente e Ministério de Obras Públicas Públicas e Reassentamentos da Turquia                   

Fontes

http://habitat.aq.upm.es/dubai/00/bp490.html   

36
última modificação: seg, 26/06/2017 - 17:25