Início > Boas Praticas > Revitalização do Ambiente Urbano de Málaga

Revitalização do Ambiente Urbano de Málaga

Málaga

Continente: 
Europa
País: 
Espanha
População (Ano): 
561.250 hab.
Ano População: 
2006
Área Total (Ano): 
395,00 km²
Alguns dos objetivos do projeto são: reabilitar e revitalizar o Centro Histórico da cidade, recuperar espaços degradados do Centro Histórico e desenvolver programas para a sustentabilidade urbana.

Descrição

A cidade de Málaga manteve na primeira metade do século um crescimento moderado de população, assim como de seu âmbito territorial. A partir de 1960, Málaga cresceu de forma rápida, dobrando sua população em 20 anos. Este rápido desenvolvimento aconteceu de forma desordenada sem o acompanhamento de níveis adequados de infraestrutura, planejamento urbano e zonas verdes. Ao mesmo tempo, o crescimento horizontal da cidade provocou a marginalização e deterioração do Centro Histórico.

Diante desta situação, a prefeitura percebeu a necessidade de melhorar o ambiente urbano da cidade com as seguintes ações:

- Revitalizar o Centro Histórico da cidade, potencializando o desenvolvimento econômico e intervindo na infraestrutura e zoneamento da área

- Desenvolver programas para a sustentabilidade urbana e ambiental

- Sensibilizar os cidadãos sobre questões ambientais                       

Objetivos                   

• Reabilitar e revitalizar o Centro Histórico da cidade

• Recuperar espaços degradados do Centro Histórico

• Estimular o desenvolvimento econômico do Centro Histórico

• Desenvolver programas para a sustentabilidade urbana

• Introduzir melhorias no tratamento de esgoto

• Recuperar resíduos sólidos urbanos

• Recuperar os espaços naturais e melhorar o meio urbano

• Diminuir e prevenir a contaminação acústica

• Sensibilizar os cidadãos sobre questões ambientais

Cronograma

• 1983: Criação do Plano Geral de Ordem Urbana

• 1985: Prêmio Nacional de Urbanismo ao Plano Geral pelas propostas de melhorias do Meio Ambiente

• 1990: Plano Especial do Centro Histórico e Convênio de colaboração com a Associação de Comerciantes e Empresários da cidade para a recuperação do Centro Histórico

• 1995: Aprovação da Carta Verde de Málaga, e início dos programas de melhoria do meio ambiente urbano. Concessão da iniciativa comunitária URBAN pela Comissão Europeia

• 1997: II Prêmio europeu de Cidade Sustentável           

Resultados

• Reabilitação e revitalização do Centro Histórico:

- 71,43% dos prédios previstos foram reformados

- Águas residuais: 95% é tratada e reciclada

- 220.000 beneficiários diretos

• Resíduos sólidos:

- 2.000 m2 de centros de coleta seletiva nos bairros

- 1.080.000 m2 de superfície total de reforma ou construção de parques           

Instituições envolvidas

• Prefeitura de Málaga

• Departamento de Planejamento Urbano

• Associação Centro Histórico de Málaga                               

Fontes

http://habitat.aq.upm.es/dubai/98/bp460.html

http://www.co.chelan.wa.us/bl/data/comp_plan/appe_malaga_vision_plan.pdf   

20
última modificação: qua, 15/05/2013 - 10:49