Início > Boas Praticas > Schlierberg, em Freiburg, é reconhecido como "bairro solar"

Schlierberg, em Freiburg, é reconhecido como "bairro solar"

Freiburg

Continente: 
Europa
País: 
Alemanha
População (Ano): 
220.000 hab.
cc_by_claire7373_andrewglaser
As 59 residências e um grande edifício comercial construídos apenas com materiais de construção ecológicos criam uma comunidade com baixo impacto ambiental.

Descrição

O bairro solar Schlierberg, em Friburgo, Alemanha, é capaz de produzir quatro vezes mais energia do que consome, provando que uma construção ecológica pode ser muito lucrativa.

As 59 residências e um grande edifício comercial construídos apenas com materiais de construção ecológicos criam uma comunidade com baixo impacto ambiental.

O condomínio, com cerca de 11 mil m2, possui densidade média, acessibilidade, espaços verdes e exposição solar. Ao todo são 59 residências e um grande edifício comercial, chamado Solar Ship (navio Solar).

Todas as casas são de madeira e construídas apenas com materiais de construção ecológicos. O conceito de cores foi desenvolvido por um artista de Berlim, Erich Wiesner.

As coberturas possuem sistemas de captação de água da chuva. A água é utilizada na irrigação de jardins e nas descargas de vasos sanitários. Os edifícios também aproveitam lascas de madeiras para o aquecimento no inverno, diminuindo ainda mais o impacto no ambiente.

O projeto reduziu o número necessário de carros na cidade e utilizou técnicas e materiais de construção sustentável com pouco consumo de energia, favorecendo uma gestão sustentável da água e dos resíduos. Além diso, foi desenvolvido por meio de um processo de planejamento participativo.

Metodologia

As casas têm aquecimento solar, instalações fotovoltaicas nos telhados e utilizam a luminosidade natural. Tecnologias avançadas como o isolamento a vácuo aumentam o desempenho térmico do sistema de construção. Outro processo utilizado é o de ventilação ativa com recuperação de calor.

Um sistema de compartilhamento de automóveis faz com que o número de veículos circulando nas imediações diminua.

Foi criado também um fundo de energia solar para investidores interessados em geração solar.

Objetivos

- Implementar técnicas de arquitetura solar de última geração e de construção ecológica;

- Reduzir o consumo e os gastos dos moradores;

- Desenvolver casas com excedente de energia como fonte de renda por meio de pagamentos de energia de acordo com a Lei de Energias Renováveis, ​​de 2000.

Cronograma

- 1994: Começo do projeto;

- 1996: Aprovação do plano de uso do solo com critérios ecológicos;

- 1999: Início da construção;

- 2005: Conclusão da construção.

Resultados

- O “Bairro Solar” gera 420 mil kWh de energia solar fotovoltaica;

- Cada morador do bairro Schlierberg recebe, ao final de cada ano, um recurso do governo pelo excesso de energia produzida que é vendida à rede ao longo de 12 meses;

- Se calcularmos a economia de energia a partir da máxima eficiência, anualmente são economizados 200 mil litros de óleo e deixam de ser emitidas 500 toneladas de CO2.

Instituições envolvidas

- Solarsiedlung am Schlierberg (Solução Solar em Schlierberg)

- Architectural Escritório Rolf Disch

Contato

Solarsiedlung am Schlierberg (Solução Solar em Schlierberg)

Tel. 0761/4594430, Fax 0761/4594439,

Email: [email protected]

 

Architectural Escritório Rolf Disch

Tel. 0761/45944-0

Email: [email protected]

Fontes

http://ciclovivo.com.br/noticia/bairro_solar_na_alemanha_produz_quatro_v...

http://www.mundosustentavel.com.br/2013/10/bairro-solar-na-alemanha-prod...

http://www.newmainetimes.org/articles/2013/04/24/our-local-energy-future/

http://www.werkstatt-stadt.de/en/projects/22/

http://www.rolfdisch.de/index.php?p=home&pid=78&L=1&host=2#a564

http://www.solarsiedlung.de

http://www.rolfdisch.de  

Galeria de Imagens: 
12
última modificação: seg, 04/11/2013 - 14:56