Início > Boas Praticas > Turismo Sustentável

Turismo Sustentável

Bonito

Continente: 
América do Sul
País: 
Brasil
Estado - Província: 
MS
População (Ano): 
20.825 hab.
Ano População: 
2014
O município de Bonito, no Mato Grosso do Sul, é considerado um exemplo mundial de turismo sustentável. A cidade tem um sistema unificado para controlar o número de turistas que visitam as belezas naturais da região. O controle é feito por meio de um voucher digital que registra o nome do turista e as atrações que ele pretende conhecer. Dessa forma, torna-se possível administrar o número de visitantes por atração, impedindo que a natureza sofra impactos negativos.

Descrição: 

Bonito é a principal cidade turística da região da Serra da Bodoquena, Mato Grosso do Sul. O turismo exerce o papel mais importante na economia regional há muito tempo, apresentando constante evolução e buscando minimizar seus impactos na natureza. 

O município dispõe de paisagens naturais com águas cristalinas, cachoeiras, grutas, cavernas e florestas de uma beleza esplendorosa. Por essa razão, na década de 1990, o fluxo de turistas aumentou significativamente. Foi nesse período que aconteceram as primeiras experiências para limitar o número de visitantes em alguns passeios e atrativos, de modo que a biodiversidade local permanecesse preservada e não sofresse maior impacto com o grande número de visitas.

Em 1994 surgiu o projeto de turismo responsável. Numa parceria entre o governo e as agencias de turismo, e com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa – SEBRAE, foi criado um sistema para regulamentar o fluxo turístico, de forma que todos os envolvidos passaram a ter informação e controle sobre o número de turistas.

O sistema, denominado "voucher", nada mais é do que um recibo ou documento que comprova o pagamento e o direito a um serviço ou a um produto. 

Esse sistema, que hoje é referência no país, além de controlar a visitação nos passeios, permite controlar a arrecadação municipal, evitando a evasão fiscal. É um modelo de gestão baseada em uma rede de cooperação voltada à exploração sustentável dos recursos naturais do município. Vale ressaltar que 5% do valor de cada passeio vendido é  revertido em imposto para a prefeitura e aplicado na conservação da cidade.

O Voucher Único inicialmente era impresso, controlado pela Secretaria de Meio Ambiente de Bonito e emitido pelas agências locais de turismo. Toda semana, as agencias repassavam os valores arrecadados através do ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) a cada “parceiro”, ou seja, aos proprietários, aos guias e à prefeitura. O sistema era moroso e implicava na emissão de várias vias do documento.

Atualmente, o sistema de Voucher Único é digital e significa o que existe de mais moderno para o controle da visitação, proporcionando a emissão de relatórios em tempo real. Ou seja, quando uma agência reserva uma vaga para um cliente, imediatamente a vaga é apagada do sistema unificado. Assim, a informação do número de turistas por atrativo é controlado por todas as agências da região.

Em decorrência desse projeto, a cidade de Bonito foi eleita o melhor destino de turismo responsável no mundo. O prêmio internacional, chamado World Responsible Tourism Awards, foi entregue em novembro de 2013 na cidade de Londres, durante o World Travel Market (WTM), um dos maiores eventos de turismo do mundo.

Outro ponto alto no projeto foi a criação do Conselho Municipal de Turismo – COMTUR. Este, foi instituído pela Lei Municipal nº 695/95 e tem como principais objetivos:

- implementar a Política Municipal de Turismo junto a Secretaria Municipal de Turismo, Indústria e Comércio, como órgão consultivo e de assessoramento;

- e fomentar o turismo de maneira organizada e sustentável no município.

O COMTUR é constituído por associações da sociedade civil e representantes do poder público. Os membros são eleitos por voto direto e cumprem mandato de dois anos.

Ações em parceria entre os governos municipal, estadual e federal e o segmento privado foram fundamentais para o fortalecimento do turismo na região, com iniciativas de divulgação do destino e principalmente com investimentos em obras de estruturação na região. 

Objetivos:

Incentivar o turismo sustentável com responsabilidade e controle, para que a natureza não sofra impactos negativos. E, consequeentemente, geração de renda para a população local, com melhores condições de trabalho.

Metodologia:

Foram feitos estudos com especialistas, que definiram o número de visitantes por dia em cada ponto turístico. O cliente pode escolher entre 80 pontos turísticos diferentes. O sistema do voucher é unificado. Quando um passeio é vendido, todas as agências que operam em bonito são informadas.
O voucher é registrado em nome do turista e entregue nos atrativos ou passeios escolhidos. Hoje em dia, o sistema é digital.

Cronograma:

Na década de 1990, o fluxo de turistas teve um aumento significativo. Em consequência, iniciaram-se as primeiras experiências para limitar o número de visitantes em alguns passeios e atrativos.

Em 1993, aconteceu o primeiro curso de formação e profissionalização dos guias de turismo especializados em atrativos naturais. Os cursos são coordenados pela Universidade Federal do Mato Grosso do Sul e têm o apoio do Sebrae/MS, Governo do Estado, Embratur e Prefeitura Municipal de Bonito.

Em 1995, a Lei Municipal nº 689/95 tornou obrigatório, nos passeios turísticos, o acompanhamento de guias com formação específica local. Naquele mesmo ano, a estruturação da atividade turística foi complementada pela aprovação da Lei Municipal nº 695/95, que instituiu o Conselho Municipal de Turismo.

A Resolução Normativa nº 09/95, do COMTUR, regulamentou a instituição do Voucher Único, principal instrumento para viabilizar o ordenamento da atividade turística em Bonito. 

Resultados:

 2013: 
- Recebeu o prêmio de melhor destino de Turismo responsável do mundo, em decorrência do Sistema Voucher Digital. O prêmio foi entregue em Londres, durante a feira World Travel Market (WTM);

- A cidade contabilizou a visita de 240 mil turistas - levantamento realizado pela Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, através dos dados da Central de ISSQN e do Voucher Único;

- O município conquistou pela 13ª vez consecutiva, o premio de O Melhor da Viagem – melhor destino do ecoturismo do Brasil;

- Criação da Lei Municipal n° 1.302 que dispõe sobre o Plano Municipal de Turismo.

Resultados Gerais:

- O turismo é o segmento que mais emprega no município, tanto formal como informalmente.

- Desenvolvimento urbanístico da cidade

- A Secretaria Municipal de Educação ampliou a disciplina de Noções Básicas de Turismo nas escolas municipais. A disciplina que já fazia parte do currículo dos alunos do 8º e 9º ano, também foi incluida para os do  6º e 7º ano;

- Com o Voucher Único tornou-se possível o controle da impressão, padronização e distribuição das notas fiscais de serviços, bem como o controle rápido e eficiente do imposto lançado e a excelência na qualidade do serviço prestado;

- Com esta padronização digital, foi possível alcançar uma redução nos custos com a impressão do formulário, na aquisição de papéis, no armazenamento de documento fiscal. Também permitiu uma vasta ampliação de base de contribuintes, a elaboração de gráficos comparativos, relatórios gerenciais e o cruzamento de informações. O voucher pode ser emitido pela Internet em qualquer lugar do mundo. Tudo isso contribui para a sustentabilidade.

- A comunidade foi a maior beneficiada, uma vez que o desenvolvimento da atividade turística em Bonito gera emprego, renda e receita para o município. Também se destaca a organização surgida espontaneamente na comunidade, onde a forma de se relacionar com seus recursos naturais, de acolher seus visitantes e regular o número da frequência caracteriza o modelo de gestão do turismo local. A cidade se tornou uma referência regional, nacional e mundial.

Fontes:

Turismo Nacional

Voucher Único Digital

Ministério do Turismo

Portal Brasil

Bonito Convetion & Visitors Bureau

Turismo ecológico

Portal Bonito

Lei Nº 1.302

Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável – PDITS - Serra da Bodoquena

Bonito é eleita o melhor destino de turismo sustentável no mundo

World Responsible Tourism Awards 

Prefeitura de Bonito

COMTUR

Instituições Envolvidas:

Prefeitura Municipal de Bonito

COMTUR

Agencias de Turismo da Região

Contatos:

COMTUR:

Rua Cel. Pilad Rebuá, 1780 - Centro - Bonito/MS - Cep: 79290-000
Telefone/fax: (67) 3255-2160
Email: [email protected]

 

36
última modificação: sex, 12/12/2014 - 18:44

Comentários