Glossário

PRINCIPAIS EXPRESSÕES

Abordagem sistêmica - metodologia que busca articular diferentes conhecimentos e ciências de forma interdisciplinar a respeito de um determinado objeto de pesquisa procurando sinergias que possam favorecer a integração entre elas.

Acessibilidade - Acessibilidade significa permitir que pessoas com deficiências ou mobilidade reduzida participem de atividades que incluem o uso de produtos, serviços e informação, além de permitir o uso destes por todas as parcelas da população.

Agenda 21 - instrumento de planejamento para a construção de sociedades sustentáveis, em diferentes bases geográficas, que concilia métodos de proteção ambiental, justiça social e eficiência econômica.

Agenda 21 Local - é o processo de planejamento participativo de um determinado território que envolve a implantação, ali, de um Fórum de Agenda 21. Composto por governo e sociedade civil, o Fórum é responsável pela construção de um Plano Local de Desenvolvimento Sustentável, que estrutura as prioridades locais por meio de projetos e ações de curto, médio e longo prazos. No Fórum são também definidos os meios de implementação e as responsabilidades do governo e dos demais setores da sociedade local na implementação, acompanhamento e revisão desses projetos e ações”

Áreas de Preservação Permanente (APP) – Área protegida para preservação de recursos naturais em zonas de maior fragilidade para o solo e a biodiversidade.

Balanço hídrico - relação entre a quantidade de água que um ser vivo absorve e a que elimina; balanço-d'água, equilíbrio hídrico.

Bens naturais comuns - Formação da natureza considerada de importância do ponto de vista paisagístico ou científico (p.ex: as reservas biológicas, etc.).Os de propriedade e de uso geral (o ar, o mar, as cataratas do Iguacu, as reservas biológicas, etc.)

Bioma – é uma unidade biológica ou espaço geográfico caracterizado de acordo com o macroclima, a fitofisionomia (aspecto da vegetação de um lugar), o solo e a altitude específicos. - bioma (de bios=vida e oma=grupo ou massa)

Biodiversidade – é a variedade de formas de vidas no planeta: plantas, animais, organismos microscópicos e seus genes, como também as diferentes paisagens naturais, compreendendo uma infinidade de ecossistemas.

Cenários de Futuro – É preciso sonhar e semear imagens e ideias de futuros desejáveis que possam inspirar inovação e orientar escolhas, sobretudo na direção da mudança de modelos que necessitamos para o mundo melhor desejado e possível.

Cidades Sustentáveis – aquela que garante o equilíbrio entre aspectos econômicos, sociais, ambientais e culturais no processo de desenvolvimento de seu território, respeitando todos os tipos de vida, visando o bem-estar de todos os seus cidadãos, agora e no futuro..

Clusters – Concentração geográfica de empresas de um mesmo setor de atividade e organizações correlatas – como fornecedores de insumos e serviços, instituições culturais e de ensino, associações de classe – que competem, mas também cooperam entre si.

Coleta seletiva - é um sistema de recolhimento de materiais recicláveis: papéis, plásticos, vidros, metais e orgânicos, previamente separados na fonte geradora e que podem ser reutilizados ou reciclados.

Coeficiente de Gini – mede o grau de desigualdade existente na distribuição de indivíduos segundo a renda domiciliar per capita. O seu valor varia de 0, quando não há desigualdade, a 1, quando a desigualdade é máxima.

Compras públicas sustentáveis – é uma maneira inteligente de utilizar a capacidade de compra que o poder público possui para orientar o processo econômico, articulando produção e consumo, na perspectiva da sustentabilidade. Assim, no ato da contratação ou da compra, além dos critérios financeiros, os gestores municipais devem considerar valores ambientais e sociais.

Comunidades inclusivas – fazer parte de um grupo de indivíduos ou de uma categoria de pessoas, inclusive de nações diferentes, ligado por determinada consciência histórica ou por interesses sociais, culturais, econômicos ou políticos comuns.

Contrapartida - em compensação; por outro lado.

Cultura de Paz – é a prevenção e a resolução não violenta de conflitos. É uma cultura baseada em tolerância e solidariedade, que respeita os direitos individuais, de forma que valoriza a diversidade e sustenta a liberdade de opinião.

Desenvolvimento Sustentável – é o desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações. É o desenvolvimento que não esgota os recursos para o futuro.

Desenvolvimento Territorial – significa identificar seus pontos fortes e vocações econômicas para elaborar uma estratégia de desenvolvimento local que contribua para tornar a região mais competitiva.

Dióxido de carbono (CO2) - produto da combustão completa de hidrocarbonetos, gás de efeito estufa.

Divisão modal – Distribuição de tarefas entre indivíduos, grupos sociais ou entre nações, seguindo um modelo de investigação obtido através de técnicas de preferências declaradas, baseadas em entrevista, nas quais apresenta-se um conjunto de opções que podem ser cenários reais ou alternativas hipotéticas, construídas pelo pesquisador.Através destes modelos procura-se modelar o comportamento da demanda e, a partir daí, definir as alternativas que melhor se adaptem a realidade da região.

Economia Criativa – desenvolvimento local e regional, priorizando o apoio e o fomento aos profissionais e aos micro e pequenos empreendimentos criativos brasileiros.

Economia neocorporativista - processo de concentração de capital por meio da aquisição de ações de diferentes empresas por parte dos fundos de investimentos de grandes corporações.

Educação cidadã – Desenvolvimento de comportamento cidadão dentro de uma mentalidade que se norteia pela busca do exclusivo e não do inclusivo, formando, na diversidade das escolhas, uma sociedade livre, sem padronização, compondo uma educação harmônica e criativa.

Eficiência energética - Atividade que procura criar condições mais favoráveis possíveis para o uso das fontes de energia.

Energia Renovável – é aquela que vem de elementos naturais inesgotáveis, tais como: vento, sol, água e materiais que podem se renovar, como os biocombustíveis. 

Estatuto das Cidades – é a denominação oficial da lei 10.257 de 10 de julho de 2001, que regulamenta o capítulo "Política urbana" da Constituição brasileira. Seus princípios básicos são o planejamento participativo e a função social da propriedade.
Estrato social – é o agrupamento dos membros de uma sociedade em camadas ou estratos superpostos e hierarquizados segundo algum critério de importância sociológica.

G20 - grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia. Foi formado em 1999 para dar voz aos países em desenvolvimento na formação da economia global. 

Gases do efeito estufa (GEE) - Os GEE são substâncias gasosas que absorvem parte da radiação infravermelha, emitida principalmente pela superfície terrestre, e dificultam seu escape para o espaço. Isso impede que ocorra uma perda demasiada de calor para o espaço, mantendo a Terra aquecida. Os GEE emitidos por veículos incluem o dióxido de carbono, o metano, o dióxido de nitrogênio e os hidroflurocarbonos.

Governança - harmonização entre governo e o conjunto de atores sociais dentro do território. São as conexões entre governo, empresas, sindicatos, movimentos sociais, sistemas de educação.

Grau de Urbanização - Indica a proporção da população total que reside em áreas urbanas em uma determinada região.

IDH – Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), criado pela ONU, Foi idealizado para servir como a base empírica dos relatórios de desenvolvimento humano. 
    
Indicadores – São medidas em base estatística, empregados para mensurar quantitativamente um conceito abstrato e confirmar um determinado aspecto da realidade para fins de pesquisa, monitoramento e avaliação de programas e políticas públicas.
Indicadores são métricas que proporcionam informações sobre o desempenho de um objeto.

IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), fundação pública federal vinculada ao Núcleo de Assuntos Estratégicos da Presidência da República do Brasil que tem por finalidade realizar pesquisas e estudos sociais e econômicos, dando apoio técnico e institucional ao governo na avaliação, formulação e acompanhamento de políticas públicas e programas de desenvolvimento.

Justiça ambiental – Movimento que se preocupa com a distribuição de riscos ambientais entre os diversos extratos sociais, evitando que apenas um grupo social, em função de sua raça, gênero ou classe econômica, fique exposto a todos os perigos ambientais.

Lençol freático – caracterizado como um reservatório de água subterrânea decorrente da infiltração da água da chuva no solo nos chamados locais de recarga.

Logística reversa - instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por um conjunto de ações, procedimentos e meios destinados a viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada; 

Manejo – modelo que permite a exploração racional com técnicas de mínimo impacto ambiental sobre os elementos da natureza. Uma floresta manejada continuará oferecendo suas riquezas para as gerações futuras, pois a madeira e seus outros produtos são recursos renováveis.

Material particulado (MP) - O material particulado apresenta-se em diferentes frações de tamanho e de composição. Nos centros urbanos, as partículas finas, algumas vezes referidas como fuligem, decorrem, principalmente, da combustão de combustíveis em carros e caminhões e são geralmente invisíveis ao olho humano. Mantém-se suspensa na atmosfera e podem penetrar nas defesas do organismo, atingir os alvéolos pulmonares. Entre seus efeitos conhecidos se destacam: mal estar; irritação dos olhos, garganta, pele etc.; dor de cabeça, enjoo; bronquite; asma; câncer de pulmão.

Meta - expressão numérica que representa o estado futuro de desempenho desejado.

Mobilidade urbana - condição em que se realizam os deslocamentos de pessoas e cargas no espaço urbano;

Monóxido de carbono (CO) - é um gás incolor, inodoro e insípido que resulta de condições de combustão inadequadas com menos oxigênio do que o necessário para a combustão completa do combustível. Este gás tem alta afinidade com hemoglobina, substituindo o oxigênio e reduzindo a alimentação deste ao cérebro, coração e para o resto do corpo. Em baixas concentrações causa fatiga e dor no peito. Em concentrações elevadas causam redução da visibilidade, dor de cabeça, mal-estar, náusea, falta de ar e confusão mental, podendo levar à morte.

OECD – Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), organização internacional e intergovernamental que reúne os países mais industrializados e que tem como missão promover políticas que melhorem o desenvolvimento econômico e bem-estar das pessoas em todo o planeta.

Ozônio (O3) - poluente secundário que se forma na atmosfera através de reações fotoquímicas entre reagentes precursores tais como hidrocarbonetos e óxidos de nitrogênio que provêm de fontes fixas (indústrias) e móveis (veículos). O ozônio que se situa na estratosfera (entre cerca de 16 e 50 km de altitude) é benéfico, pois age como filtro da radiação solar. Por outro lado, o ozônio situado na troposfera (camada inferior da atmosfera) é um agente oxidante altamente lesivo aos tecidos vivos em geral. Entre os efeitos à saúde causa o agravamento dos sintomas de asma, de deficiência respiratória bem como de outras doenças pulmonares (enfisemas, bronquites, etc.) e cardiovasculares. Pode ainda provocar inchamento e irritação das vias respiratórias, irritação no nariz, garganta, dor de cabeça, tosse e dificuldade de respiração. Longo tempo de exposição pode ocasionar danos permanentes aos pulmões.

PIB - Produto Interno Bruto (PIB),um dos principais indicadores econômicos e que representa a soma (em valores monetários) de todos os bens e serviços finais produzidos por uma região (países, estados ou cidades) em um determinado período.
PISA - Programa Internacional de Avaliação de Alunos (em inglês: Programme for InternationalStudentAssessment - PISA), rede mundial de avaliação de desempenho escolar. É coordenado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), com vista a melhorar as políticas e resultados educacionais em diferentes nações.

Plano Diretor –instrumento dos governos municipais específico para a definição do padrão de desenvolvimento da ocupação urbana do seu território.

Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) – lei que reúne o conjunto de princípios, objetivos, instrumentos, diretrizes, metas e ações adotadas pelo Governo Federal, isoladamente ou em regime de cooperação com Estados, Distrito Federal, Municípios ou particulares, com vistas à gestão integrada e ao gerenciamento ambientalmente adequado dos resíduos sólidos.

Plano Plurianual – Estabelece metas e diretrizes gerais, que orientam as ações do governo para cada quatro anos.

Porcentagem - Obtida a partir do cálculo das proporções, simplesmente multiplicando o quociente obtido por 100. As porcentagens e proporções têm por objetivo principal criar comparações relativas destacando a participação dedeterminada parte no todo.

Proporção ou Coeficiente - quociente entre o número de casos pertencentes a uma categoria e o total de casos considerados. Esse quociente é também chamado de coeficiente, representando a razão entre o número de ocorrências e o número total (número de ocorrências mais o número de não ocorrências).

Proposta Orçamentária - previsão de receitas e despesas, visando à execução das obras e serviços de responsabilidade do Município.

Ranking Pearson-EIU - ranking desenvolvido pela Pearson bytheEconomistIntelligence Unit (Pearson-EIU), fornece uma visão multidimensional do desempenho escolar de 40 países levando em conta notas de testes e qualidade de professores, dentre outros fatores.

Razão ou Índice - A razão de um número A em relação a outro número B se define como A dividido por B. As proporções representam um tipo particular de razão.

Recursos hídricos - as águas superficiais ou subterrâneas disponíveis para qualquer tipo de uso de região ou bacia.

Recursos Naturais – são recursos oriundos do ambiente natural e utilizados pelo homem para o seu benefício, tais como: gás, carvão, petróleo, madeiras, água e metais. Embora sejam gratuitos, nem por isso são inesgotáveis.

Rejeitos - resíduos sólidos que, depois de esgotadas todas as possibilidades de tratamento e recuperação por processos tecnológicos disponíveis e economicamente viáveis, não apresentem outra possibilidade que não a disposição final ambientalmente adequada; 

Reserva Legal – Área obrigatoriamente protegida dentro da propriedade rural, específica para cada Bioma.

Responsabilidade Social Empresarial – Responsabilidade social empresarial é a forma de gestão que se define pela relação ética e transparente da empresa com todos os públicos com os quais ela se relaciona e pelo estabelecimento de metas empresariais que impulsionem o desenvolvimento sustentável da sociedade, preservando recursos ambientais e culturais para as gerações futuras, respeitando a diversidade e promovendo a redução das desigualdades sociais.

Rurbano – articulação do rural e do urbano em um mesmo território.

Stakeholders – são as partes interessadas, no município, indivíduos ou entidades que assumam algum tipo de participação, como os cidadãos, as empresas, as associações públicas e privadas e o governo.

Sustentabilidade – capacidade de suprir as necessidades da geração presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprir a sua. Ela está fundamentada em quatro grandes dimensões: econômica, social, cultural e ambiental.

Taxa - São coeficientes multiplicados por uma potência de 10 e seus múltiplos para melhorar a compreensão do indicador.