Início > Noticias > Compras realizadas pelos governos podem incentivar economia sustentável

Compras realizadas pelos governos podem incentivar economia sustentável

Em entrevista à Rádio CBN, o coordenador-geral do PCS, Jorge Abrahão, e o secretário-executivo do ICLEI para a América do Sul, Rodrigo Perpétuo, destacam a importância de os governantes adotarem as compras públicas sustentáveis 

“As compras governamentais movimentam cerca de 10% do Produto Interno Público”, afirmou Jorge Abrahão, coordenador-geral do Programa Cidades Sustentáveis, em entrevista à Rádio CBN. 

Para ele, ao estabelecer critérios de sustentabilidade para efetuar suas compras, os governantes podem ser importantes indutores do desenvolvimento sustentável. 

Rodrigo Perpétuo, secretário-executivo do ICLEI para a América Latina, falou sobre o manual de compras sustentáveis e explicou os diversos fatores relacionados à aquisição de produtos elaborados de forma sustentável. 

Ao estabelecer condicionantes para aquisição de produtos, o poder público induz uma agenda importante do ponto de vista do desenvolvimento sustentável, incentivando os mercados locais a oferecerem itens que não agridam o meio ambiente. 

Nesse sentido, o ICLEI, uma rede global de cidades que trabalha em prol da sustentabilidade, desenvolveu um manual para os administradores e órgãos da Justiça. 

Na avaliação de Rodrigo Perpétuo, o desafio para fazer com que os governos municipais, estaduais e nacional, bem como as empresas privadas, incluam a sustentabilidade como critério fundamental para aquisição de produtos e serviços é muito grande. Porém, segundo ele, este é o momento ideal para retomar essas discussões e incluir esse tema nas políticas públicas.

Confira aqui a entrevista de Jorge Abrahão e Rodrigo Perpétuo à Rádio CBN