Início > Noticias > Professor cria ponto de ônibus VIP e inicia ações do bem em cidade paulista

Professor cria ponto de ônibus VIP e inicia ações do bem em cidade paulista

Do G1

Revisteiro, jornal do dia, água potável e, futuramente, iluminação artificial. A sala VIP não está em nenhum aeroporto, mas em um ponto de ônibus localizado na Avenida Luiz de Tella, na Cidade Universitária, em Campinas (SP). A parada inusitada fica a poucos quarteirões da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O autor da obra é o professor aposentado de engenharia de alimentos Ahmed  El Dash, nascido no Egito e que teve a ideia de dar mais conforto para usuários da parada de coletivo, após verificar que o local sempre ficava sujo e o chão danificado. "As pessoas jogavam lixo, o piso estava quebrado e estava um ambiente ruim. Foi uma ideia na base da necessidade", sustenta o professor aposentado, que desembolsou cerca de R$ 1 mil pelas melhorias no espaço público."Tem uma senhora que me disse que tinha medo de ficar no ponto, mas agora está contente. Isso vale mais do que R$ 1 mil", relata El Dash.

“Achei muito bacana e uma coisa muito diferente”, confessa o microempresário Alexandre Pinheiro Fernandes, que parou a moto em frente à sala vip para conhecer o novo "ponto turístico " da Cidade Universitária. "Uma bordadeira me contou e vim aqui ver", explica.

O pedreiro José Carlos de Carvalho disse que trabalha há 22 anos com o professor El Dash e, de início, achou estranha esta história de colocar uma pia, um filtro de água e revisteiro em um ponto de ônibus. Mas confessa estar admirado de ver que o local está sendo mantido intacto por quem passa e usa os "presentes". “Achei meio estranho, disse que não ia durar muito, mas já faz duas semanas”, lembra o pedreiro, que colocou os azulejos e fez a pintura. “Ainda falta pintar o chão e colocar luz”, completa.

Gentil Ferreira de Almeida também ajudou na obra, na parte hidráulica da sala vip. Ele conta que, na quinta-feira (18), o filtro de água “salvou” a vida de 35 mulheres que estavam em um ônibus que quebrou no local. “Tinha 35 mulheres e quase todas beberam água aqui. O ônibus quebrou bem em frente ao nosso ponto, que coisa?!”, revela.

O decorador Luiz Leão levou o carro para uma oficina após um problema e tem utilizado o sistema de transporte urbano nos últimos dias. “Não tinha reparado. Sensacional!. Achei louvável esta iniciativa”, avalia.“Se todo mundo fizesse isso seria uma boa”, comenta a doméstica que preferiu se identificar apenas como Nice. Ela usa o ponto diariamente e está surpresa pela preservação.

“Dei até os parabéns para a pessoa que fez isso”, conta a doméstica Mariluci Raimundo, que já tomou água no espaço comunitário e passa todos os dias pelo novo ponto de espera.

Ideia louca e solidariedade

"Acharam que a minha ideia era louca. Eu disse: Sou pesquisador e vou experimentar. Está dando certo e o povo está dando apoio", defende o egípcio. A gentileza do professor El Dash iniciou uma cadeia de solidariedade. A professora de farmacologia Elen Landucci parou o carro em frente ao ponto nesta sexta-feira (19) e doou revistas para os usuários. “Ficou ótimo”, elogia a educadora. 

O professor deixou uma mensagem para quem passa pelo local. O texto fixado em um dos pilares diz: "O Brasil é um presente para todos nós, sem igual na face da terra. Vamos cuidar bem dele, cada um de nós em seu espaço. Vamos entregar um Brasil melhor para nossos filhos e netos". Uma usuária que passou pelo local deixou um bilhete de agradecimento. O recado diz: "Muito legal a atitude! Obrigada", finaliza.

 

Matéria originalmente publicada em: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2013/04/professor-cria-ponto-de-onibus-vip-e-inicia-acoes-do-bem-em-campinas.html