Início > Boas Praticas > Biossistema Integrado

Biossistema Integrado

Petrópolis

Continente: 
América do Sul
País: 
Brasil
Estado - Província: 
RJ
População (Ano): 
296.044 hab.
Ano População: 
2010
Área Total (Ano): 
795,80 km²
O tratamento local do esgoto, por meio de biossistemas, faz a água insalubre ficar com boa qualidade e também fornece adubo orgânico para hortas e pomares.

Descrição

Trata-se de um projeto de saneamento ambiental que envolve o tratamento biológico de dejetos humanos a partir da reciclagem de nutrientes e da produção de biogás. Em 1994, houve a implementação do primeiro biossistema completo em Petrópolis (RJ), na comunidade Sertão do Carangola, em parceria com o SEOP (Serviço de Educação e Organização Popular) e com a associação de moradores local.

Os biossistemas integrados representam uma mudança no processo produtivo, alterando a concepção linear de produção para uma estrutura cíclica, onde os resíduos são transformados e reaproveitados como recursos para um novo ciclo de produção, como nos ciclos naturais. Com isso, são compostos por aves, tanques de peixes, cultivo de flores e produção de adubo orgânico e utilizam equipamentos de baixo custo, que podem ser controlados pelos próprios moradores locais, como forma alternativa de produção de renda. É um exemplo de tecnologia social que, por meio do tratamento local do esgoto em biossistemas, faz a água insalubre ficar com boa qualidade e também fornece adubo orgânico para hortas e pomares.       

Objetivos

Construir biodigestores integrados para o tratamento biológico de dejeto humano com reciclagem de nutrientes e produção de biogás                       

Cronograma

• 1988: Surge a comunidade do Sertão do Carangola

• 1994: Inicia-se o projeto da estação piloto

• 2004: Pesquisa da Fiocruz mostra que a produção da comunidade tem qualidade equivalente à encontrada no comércio em geral                                   

Resultados

• As verduras e legumes produzidos são vendidos em feiras próximas, contribuindo para o aumento da renda mensal das famílias

• O biogás produzido é utilizado para cozinhar, sendo canalizado para o Centro Educacional Infantil Casa da Paz, o qual atende por volta de 50 crianças em idade de 2 a 5 anos

• Mais de 50 comunidades, criatórios de animais e produtores agrícolas estão sendo beneficiados pela tecnologia difundida

• Tem produzido diariamente mil e duzentos metros cúbicos de biogás, utilizados para auxiliar na preparação de alimentos para cerca de três mil pessoas por dia a custo zero

• Evita o corte de duas toneladas de madeira por dia além de proteger a camada de ozônio por deixar de lançar metano livre na atmosfera

• Os alimentos foram analisados pela Fiocruz e avaliados com qualidade equivalente aos produtos adquiridos no mercado convencional                   

Instituições envolvidas

• Fundação Gaia

• Hamburger Umweltinstitut (Instituto para o Meio Ambiente de Hamburgo)

• União Européia (UE)

• Comunidade Cidade Nova em Silva Jardim (RJ)

• Comunidade Sertão do Carangola em Petrópolis (RJ)

• O Instituto Ambiental (OIA)                                   

Fontes

http://www.oia.org.br/

http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/1072-bomtempo-e-águas-do-imperador-inauguram-biodigestor-no-vila-rica.html

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ambiente/ult10007u582933.shtml

                   

 

Galeria de Imagens: 
12
última modificação: ter, 02/09/2014 - 10:15

Comentários