Início > Boas Praticas > Pedagogia com rima e música fortalece educação integral em Diadema

Pedagogia com rima e música fortalece educação integral em Diadema

Diadema

Continente: 
América do Sul
País: 
Brasil
Estado - Província: 
SP
População (Ano): 
390.000 hab.
Ano População: 
2007
Área Total (Ano): 
30,73 km²
Ano Área Total: 
2017
O Programa Cidade na Escola se tornou referência nacional em educação integral com o uso da música como ferramenta educativa, garantindo maior acesso a oportunidades e criando espaços de participação da comunidade no cotidiano escolar. A ideia da escola para além de seus muros propõe uma cidade que participa da educação, ao mesmo tempo em que se humaniza com a presença das crianças nas ruas. Para colocar em prática o bem-sucedido projeto, a Secretaria de Educação de Diadema estabeleceu parceria com grupos que trabalham a educação por meio da cultura e da arte, transformando o aprendizado de crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

Descrição

Ritmo, rima e compasso são as estratégias pedagógicas do Programa Cidade na Escola, projeto de educação integral premiado, e que se tornou referência nacional em educação. Decorar o conteúdo escolar já não é uma dificuldade para alunos das 18 escolas do município de Diadema que participam das atividades, onde a rima do hip hop transforma o conteúdo de matemática, português e ciências em ritmo e diversão.

A ideia da escola para além de seus muros propõe uma cidade que participa da educação, ao mesmo tempo em que se humaniza com a presença das crianças nas ruas. Para a realização desse trabalho a Secretaria de Educação de Diadema estabeleceu parcerias com grupos que trabalham a educação por meio das ferramentas da cultura e da arte.

Nas aulas de rap, hip hop, dança de rua, grafite, discotecagem e escola de pandeiro, o contra turno escolar ganha ares de reforço educacional para crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, garantindo maior acesso a oportunidades educativas e criando espaços de participação dos parceiros locais no cotidiano escolar da comunidade. O Programa garante o direito de aprender por meio de atividades interativas no período do dia em que não estão em aula, ampliando o sucesso escolar e a permanência na escola a longo prazo.

A Educação Integral contribui para a formação dos pequenos cidadãos que vão ocupar a cidade nas próximas décadas, enquanto o envolvimento dos profissionais fortalece a educação de base. O projeto carrega um conjunto de elementos necessários a um ambiente educativo fértil, promovendo espaços que fazem a diferença no resultado.

As ações do Cidade na Escola são desenvolvidas em 18 escolas do município em oficinas com duração de duas horas. “Acreditamos que atividades diferenciadas possibilitam a ampliação de oportunidade educativa a nossos alunos e impacta de maneira positiva na qualidade da educação em nosso município”, ressalta o secretário municipal de Educação, Cacá Vianna.

O Matéria Rima, grupo de hip hop que transforma conteúdo escolar em rap e poesia, atua hoje em atividades nas escolas da região com oficinas que buscam a transformação na forma de aprender. Além do reforço pedagógico, o trabalho de socialização e educação emocional, o Instituto Cultural e Educacional Matéria Rima busca uma forma inovadora de atender crianças e adolescentes e de trazer conteúdos educacionais de modo mais atraente e atual, mostrando o poder que eles têm de agregar, empoderar, transformar e libertar o ser humano.

 O Programa Cidade na Escola faz parte do programa de educação integral de Diadema que amplia o tempo de permanência e as oportunidades educativas dos alunos na escola, garantindo, desta forma, atividades que propiciam o desenvolvimento integral e contribuem para o bom desempenho escolar. Em 2018 atendeu 1.950 alunos de Ensino Fundamental do município. Para a realização das atividades culturais, esportivas, educação ambiental, letramento e matemática, o projeto conta com o trabalho de aproximadamente 140 estagiários, além de 18 articuladores responsáveis pelo Programa e toda a equipe gestora das Escolas.

Também é necessário destacar parceiros que o Cidade na Escola possui além do Matéria Rima, como a Acer Brasil – Associação de Apoio a Criança em Risco, Circo Escola Tapias Voadores, além de parcerias voluntarias com Sebrae, Mapfre e outros. As parcerias possibilitam mudanças significativas na postura das crianças diante das situações, além de ampliar suas expectativas para o futuro. O objetivo para 2019 é mensurar os avanços proporcionados por essa parceria.

Com uma rede de serviços educacionais e culturais, o projeto pôde oferecer melhores serviços à população, engajar os jovens e transformar a qualidade da formação na cidade. Ensinar educação para além dos muros é o objetivo do Programa Cidade na Escola. “Hoje, mais de 20% da rede municipal tem atendimento em período integral. Fico feliz de ver a escola transformar o aluno com as atividades que oferece. Estamos investindo nas crianças da cidade e isso traz reconhecimento por meio de índices do IDEB e de prêmios como o Itaú Unicef”, conta o prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV).

A cidade de Diadema

Localizada na região do Grande ABC paulista, Diadema é uma cidade média, com 380 mil habitantes, segundo o Censo (2010). É bem desenvolvida em indústria e serviços, mas ainda marcada pelos efeitos da violência no país.  As transformações ocorridas a partir dos anos 50 na região do ABCD paulista influenciaram diretamente o padrão de desenvolvimento urbano local e modelaram seu perfil socioeconômico, sobretudo com a abertura de estradas, a industrialização acentuada e as ondas migratórias com seus novos loteamentos. Em resumo, o crescimento dessas cidades começou a partir de pequenas e médias empresas que produziam complementos para multinacionais que se estabeleceram ali na segunda metade do século 20.

No caso de Diadema, havia o entendimento de que a mudança de distrito para município favoreceria o desenvolvimento local. Foi a conjugação de vários fatores que determinou a emancipação político-administrativa da cidade, mas a intensa participação dos moradores foi fundamental para tal. Aprovado o processo pela Assembleia Legislativa, no dia 24/12/1958 ocorre o plebiscito que resulta na criação do município.

Mas, como a maioria das cidades periféricas em grandes metrópoles, o desenvolvimento de Diadema caminhou rumo à acentuação dos contrastes sociais, o que já conferiu à cidade o título de mais violenta do Brasil durante a década de 90. Os índices atuais na área de segurança pública, no entanto, mostram que é possível enfrentar a violência urbana com políticas setoriais integradas e articuladas com ações de educação, lazer e cultura.

Objetivo

Levar o conhecimento produzido no espaço urbano à educação ofertada para crianças e jovens no espaço escolar, estender a Educação Integral para ampliar o tempo de permanência na escola e assim fortalecer o aprendizado de crianças e jovens.

Cronograma e Metodologia

2013: Início do projeto, com oficinas uma vez por semana com duração de 2 horas

2015: É semifinalista do Prêmio Itaú-Unicef na categoria microporte

2017: Neste ano o Cidade na Escola se expandiu de 15 para 23 escolas participantes, disponibilizando aulas de letramento, matemática, atividades esportivas, educação ambiental e atividades culturais, como teatro, dança e música, e esportivas. Também nesse ano antecipou a meta de nota do IDEB prevista para 2019 em Diadema.

2018: Chega ao atendimento de 1.950 jovens e crianças, sendo reconhecido pela 13ª edição do Prêmio Itaú-Unicef como um dos 10 melhores projetos do Brasil na categoria Parceria em Ação.

Resultados

As ações do Cidade na Escola são desenvolvidas em 18 escolas do município atendendo cerca de 1.950 crianças em oficinas, uma vez por semana com duração de duas horas no contraturno. Diadema vem adotando políticas públicas que tem aprimorado cada vez mais o atendimento oferecido aos estudantes e estimulando o engajamento da comunidade na formação de crianças e jovens, além de ações de ampliação das oportunidades educativas, formação de professores e o Programa Cidade na Escola. Com isso, este ano, alcançou em 2017 a nota do IDEB prevista para 2019.

Instituições envolvidas

Secretaria Municipal de Educação

Instituto Cultural e Educacional Matéria Rima

Associação da Criança em Risco (ACER)

Contato

Secretário de Educação de Diadema

Cacá Vianna

(11) 4072-7038

http://www.educacao.diadema.sp.gov.br/

Fontes

Projeto Novo Mais Educação, do Ministério da Educação

Plano Municipal de Educação:

Notícias

https://www.youtube.com/watch?v=AEu6FaUS0Ok

https://www.diarioregional.com.br/2018/11/29/programa-cidade-na-escola-de-diadema-esta-entre-os-melhores-do-brasil/

https://www.youtube.com/watch?v=P3B_E5rHLjA

http://www.diadema.sp.gov.br/noticias/23684-materia-rima-e-semifinalista-do-premio-itau-unicef?month=9&year=2018

35
última modificação: seg, 17/12/2018 - 10:08