Início > Noticias > As grandes ações do Programa Cidades Sustentáveis em 2019

As grandes ações do Programa Cidades Sustentáveis em 2019

Lançamento da Plataforma do Conhecimento Cidades Sustentáveis, segunda edição da Conferência Internacional Cidades Sustentáveis e terceira edição do Prêmio Cidades Sustentáveis marcam o ano de 2019 do Programa Cidades Sustentáveis (PCS).

Em setembro, será realizada a Conferência em parceria com o Banco Mundial. O evento visa à promoção de práticas urbanas sustentáveis, a valorização dos gestores públicos, a ampliação da troca de experiências e a difusão de boas práticas de municípios.

Durante o encontro, será realizada a entrega do Prêmio Cidades Sustentáveis e o lançamento da Plataforma do Conhecimento Cidades Sustentáveis. Também serão apresentadas experiências nacionais e internacionais exitosas divididas em três eixos: Aprofundamento da Democracia, Redução das Desigualdades e Mudanças Climáticas.

Sobre a Plataforma do Conhecimento Cidades Sustentáveis

Criado em 2012, o Programa Cidades Sustentáveis reúne uma série de ferramentas que visam contribuir para que governos e sociedade civil promovam o desenvolvimento sustentável nos municípios brasileiros.

O programa conta com uma plataforma que funciona como uma agenda para a sustentabilidade, incorporando de maneira integrada as dimensões social, ambiental, econômica, política e cultural, além de abordar as diferentes áreas da gestão pública em 12 eixos temáticos – alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

No âmbito do GEF – 6 (Global Environment Facility, o Fundo Global para o Meio Ambiente), o PCS foi convidado para ser o responsável pela construção da Plataforma do Conhecimento Cidades Sustentáveis, que consiste na ampliação do atual sistema do PCS, com novas ferramentas e funcionalidades, e sua integração com o Observatório de Inovação para Cidades Sustentáveis, a ser desenvolvido pelo Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE).

A Plataforma do Conhecimento vai oferecer novas ferramentas para os municípios, softwares e documentos de orientação técnica, sistemas de geoprocessamento de dados, programas de capacitação, banco de boas práticas, módulos de ensino a distância, e colaborações do meio acadêmico e privado.

A proposta é criar uma metodologia de planejamento urbano integrado por meio de tecnologias escaláveis e replicáveis para qualquer cidade. E, dessa forma, ter cada vez mais cidades engajadas com a agenda de desenvolvimento sustentável, mais pessoas participando das decisões de gestão pública e mais inteligência no uso de dados para orientar as políticas nacionais.

PSC e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF)

O Fundo Global para o Meio Ambiente (Global Environment Facility – GEF) é um mecanismo idealizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pelo Banco Mundial, durante a ECO-92, para apoiar projetos conjuntos de governos e organizações ao redor do mundo. 

No Brasil, o projeto “A promoção de cidades sustentáveis – planejamento urbano integrado e o investimento em tecnologias inovadoras” é uma iniciativa multilateral que envolve a ONU Meio Ambiente, o Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), a prefeitura de Recife, o governo do Distrito Federal, o Programa Cidades Sustentáveis, o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) e a Agência Recife para Inovação e Estratégia (Aries).

O desenvolvimento da Plataforma do Conhecimento Cidades Sustentáveis é um dos componentes do projeto e visa auxiliar as prefeituras na gestão e planejamento territorial de cidades brasileiras.