Início > Noticias > Premiados os municípios do Oeste no concurso regional de Boas Práticas em sustentabilidade

Premiados os municípios do Oeste no concurso regional de Boas Práticas em sustentabilidade

Os municípios do Oeste do Paraná que participaram do 2º Concurso de Boas Práticas, Iniciativas para a Construção da Agenda 2030, foram premiados nesta terça-feira (18), em evento no Balneário Terra das Águas, em Santa Helena. Ao todo 12 Boas Práticas foram reconhecidas com condecorações nas categorias ‘Setor Público’, ‘Sociedade Civil’ e ‘Entidades Privadas e Instituições de Ensino’. Foram 137 iniciativas inscritas, provenientes de 40 municípios.

As ações foram avaliadas pela equipe da Rede Nossa São Paulo, detentora da marca e da Plataforma Cidades Sustentáveis. Puderam participar do concurso os municípios lindeiros e os demais participantes da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop), que estão envolvidos ativamente no Programa Cidades Sustentáveis e fizeram sua adesão ao Pacto Global.

O objetivo é motivar, incentivar, valorizar e dar visibilidade às boas práticas correlatas aos 12 eixos do Programa Cidades Sustentáveis, desenvolvidas por entidades públicas, privadas e sociedade civil que contribuam para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e metas da Agenda 2030. O concurso foi promovido pela Itaipu Binacional, com o Conselho de Desenvolvimento dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu e a Rede Nossa São Paulo.

A presidente do Conselho dos Lindeiros, prefeita de Mercedes, Cleci Loffi, ressalta que foi uma premiação bastante esperada. As ações e trabalhos são exemplos de parceria, voluntariado e dedicação em prol da sustentabilidade em diferentes setores.

O diretor de Coordenação da Itaipu Binacional, Newton Kaminski, observa que todos os projetos mereciam ser premiados, mas o concurso reconhece e estimula a continuidade e melhoria das ações e parcerias. “O fato dos 54 municípios aderirem ao Cidades Sustentáveis já é algo importante e, o que observamos é o maior envolvimento contínuo da comunidade com o programa”, enfatiza.

Premiação

Os premiados foram: na categoria ‘Entidades Privadas e Instituições de Ensino’, do município de Mundo Novo (MS), o projeto ‘Reeducandos e a Prestação de Serviços Comunitários na UEMS’. Na categoria ‘Sociedade Civil’, do município de Boa Vista da Aparecida (PR), o projeto ‘Geladeira e Varal Solidário’. Na categoria ‘Setor Público’ foram premiadas, em 3º lugar, Cascavel (PR), com a prática ‘Compras Públicas Unificadas’, em 2º lugar, Marechal Cândido Rondon, com a prática ‘Projeto Multidisciplinar para Promover uma Escola Sustentável’ e em 1º lugar Maripá, com a prática ‘Maripá Vigilante, Prevenindo as Violências e Apoiando a Paz’.

O 1º lugar terá como prêmio especial de R$200 mil em incentivos via convênio com a Itaipu, destinado a programa, ação ou projeto voltado para o desenvolvimento sustentável. Além disso, fará uma visita ao Parque Nacional do Iguaçu com Macuco Safari, almoço no Kattamaran, visita técnica e encerramento com pôr do sol no Kattamaran. O prefeito de Maripá, Anderson Bento Maria comemora a premiação no concurso e destaca a gestão do Programa Cidades Sustentáveis no município. “Nossa equipe se dedicou ainda mais na alimentação do sistema e estamos muito felizes por receber esta premiação. Os R$200 mil nos possibilitarão implantar novos projetos”, frisa.

Destaques

O município de Entre Rios do Oeste foi destacado com a prática ‘Biogás, Energia que vem do Campo’. Entre as condecorações, também estiveram as iniciativas que fazem parte do Caderno Observatório Lago de Itaipu: Boas Práticas Sustentáveis Oeste do Paraná e os municípios que ultrapassaram a meta dos 50 indicadores preenchidos na plataforma Cidades Sustentáveis.

Confira o Caderno de Boas Práticas, e faça o download.