Início > Noticias > Um dos pilares da democracia, respeito às diferenças pouco avançou nos últimos anos

Um dos pilares da democracia, respeito às diferenças pouco avançou nos últimos anos

O Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia, ocorrido no dia 17 de maio, foi o tema inicial da entrevista do coordenador-geral do Programa Cidades Sustentáveis, Jorge Abraão, e da doutora em teoria e crítica literária Amara Moira à Rádio CBN. 

Durante a entrevista, Jorge Abrahão destacou que o Brasil é campeão mundial em mortes causadas por preconceito e violência contra LGTB+ (lésbicas, gays, transexuais, bissexuais e outros gêneros). 

Ele também relembrou e defendeu três pilares básicos da democracia: a tolerância, respeito aos diferentes e o diálogo permanente. “O respeito aos diferentes é fundamental para continuarmos avançando”, argumentou. 

Travesti e feminista, Amara Moira relatou que para exerceu a profissão de professora precisou contar com a coragem de uma instituição de ensino. “É preciso coragem para colocar uma travesti como professora. Você vai ter de blindá-la da transfobia dos funcionários, dos outros professores, dos alunos e, sobretudo, dos pais de alunos, que vão se sentir ameaçados com a possibilidade dos filhos deles estudarem com uma travesti.”

Confira aqui a entrevista de Jorge Abrahão e Amara Moira à Rádio CBN